Quase cultural, quase life hack, quase travel. Quase.

O último quadrinho de Calvin e Hobbes: a fan art que comoveu o mundo

O último quadrinho de Calvin e Hobbes: quando o fan art virou Bill Watterson

Calvin e Haroldo (Calvin e Hobbes, no original em inglês) é uma série de tirinhas do ilustrador norte-americano, Bill Watterson, que iniciou a publicação dos desenhos em 1985. Desde então, para além das publicações em livros e edições especiais, a série circula em mais de 2 mil jornais ao redor do globo. Watternson deixou sua mais famosa criação em 31 de dezembro de 1995, quando publicou a última tira inédita do quadrinho.

Bill Watterson, num gesto semelhante ao de autores como Raduan Nassar ou J. D. Salinger, abandonou sua arte e agora vive recluso com sua esposa na pequena cidade de Changrin Falls, em Ohio, nos Estados Unidos. Bill não aparece em público, concede entrevistas ou dá autógrafos. Ainda, como um gesto maior de sua reclusão, pediu ao Universal Press Syndicate – responsável pela distribuição mundial de Calvin e Hobbes – que interrompesse o encaminhamento das correspondências enviadas por seus fãs.

A despedida de Calvin e Hobbes

Pois bem, uma tirinha de Calvin e Hobbes ficou muito famosa nos últimos anos e é fácil encontrá-la na internet como sendo a última tira publicada da série. O quadrinho coloca um fim ao mundo mágico de Calvin, um menino de seis anos de idade e com uma personalidade ímpar. Seu tigre, Haroldo, antes tão vivo quanto um amigo “verdadeiro” – e, por que não, mais vivo que um amigo “verdadeiro”? –, agora passa a ser exatamente como na visão daqueles que cercam a vivência de Calvin: apenas um tigre de pelúcia.

Calvin e Hobbes em sua despedida

Fan art acreditada por muitos como a última tira da série.

É, com certeza, um ponto final no mundo de fantasia que Bill Watterson criou para Calvin como fuga da cruel e distorcida realidade contemporânea. Um lugar mágico, onde finalmente se pode explorar sua verdadeira natureza humana.

Quando um fan art roubou as atenções com Calvin e Hobbes

No entanto, este final distópico, um triste retorno à realidade e, quiçá, um adeus ao mundo da infância, nunca foi desenhado por Bill. O quadrinho, acreditado por muitos como o último e derradeiro da série, é na verdade uma fan art que apareceu pela primeira vez numa comunidade de fãs americana. A este ponto é quase impossível determinar seu verdadeiro autor, mas com certeza a tira conseguiu a mesma repercussão do trabalho original de Bill, seja por ser talvez o quadrinho mais triste da história da série (se não fosse uma fan art), seja pelo inevitável retorno àquela realidade de que por muitos anos o quadrinho original tentou nos proteger.

A tira verdadeiramente última, a derradeira, criada por Bill, (talvez) felizmente nos deixa uma mensagem bem diferente, a de que “É um mundo mágico, Haroldo, amigão…Vamos explorá-lo!”.

A última tira da série, publicada em 31 de dezembro de 1995:

A verdadeira última tirinha de Calvin e Hobbes

Última tira da série desenhada por Bill Watterson. Imagem e tradução: BrGag.

Principais quadrinhos de Calvin e Hobbes

Calvin e Haroldo – Caixa com 3 Volumes

R$498,90

Calvin e Haroldo – O Livro do Décimo Aniversário

R$43,45

Calvin e Haroldo – Tem Alguma Coisa Babando Embaixo da Cama

R$35,47

Documentário sobre Bill Watterson e a história por trás de Calvin e Hobbes

Quando as tirinhas de Calvin e Hobbes completaram 10 anos, em 1995, Bill Watterson resolveu encerrar a série e nunca mais voltar a editá-la. As tirinhas do pequeno Calvin e seu amigo Haroldo já tinham sido consagradas pela cultura pop e seus nomes, assim como a série de tirinhas, já tinham sido imortalizados para sempre.

Porém, junto ao encerramento da série, Watterson entrou em reclusão, deixando o que pouco se sabia sobre sua vida ainda mais difícil de encontrar. É isso que o diretor do documentário, Joel Allen Schroeder tenta desvendar sobre Bill em seu documentário.

Dear Mr. Watterson

Melhores tirinhas de Calvin e Hobbes

Escolher as melhores tirinhas de Calvin e Hobbes, assim como em qualquer outra situação, é extremamente subjetivo. Afinal, cada fã tem uma preferência e um gosto que é único. Mas, é sempre bom selecionar aquelas que mais chamam a atenção. Abaixo, as tirinhas elencadas como as mais emocionantes das aventuras de Calvin e Hobbes, segundo o site vírgula.

1 – A primeira tira de Calvin e Hobbes comentada por Bill Watterson, 18 de novembro de 1985

A primeira tira de Calvin e Hobbes comentada por Bill Watterson, 18 de novembro de 1985

 

2 – Vida excitante, Calvin e Hobbes de 27 de julho de 1987

Vida excitante, Calvin e Hobbes de 27 de julho de 1987

 

3 – Guerra – Do livro “E Foi Assim Que Tudo Começou”, Calvin e Hobbes de 2007

Guerra – Do livro “E Foi Assim Que Tudo Começou”, Calvin e Hobbes de 2007

 

4 – História do quati, Calvin e Hobbes

História do quati, Calvin e Hobbes

 

Uma versão deste artigo foi publicada pela primeira vez em 20 de fevereiro de 2014, no Livre Opinião, por Vinicius de Andrade (também colaborador deste blog).

Conheça o Quasecult.

Baixe milhares de livros gratuitos.

Next Post

Previous Post

Leave a Reply

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

© 2018 Quasecult

Theme by Anders Norén